Currículo

Paulo Morais, jornalista com especialização em Cinema pela PUC Minas e mestrado em Gestão Pública e Sociedade pela Unifal-MG. Militante do software livre e da liberdade do conhecimento. Fundador da Viraminas Associação Cultural e criador do projeto Museu da Oralidade, de Três Corações (MG). Autor de livros e documentários com temáticas sobre memória, cultura popular e tradição oral, coordenador do grupo de cantorias populares Balaio de Minas e facilitador em vários cursos e oficinas de fotografia e audiovisual, além de articulador do programa Cultura Viva em Minas Gerais.

Formação acadêmica

Graduação: Comunicação Social - Jornalismo · PUC Minas Belo Horizonte · 2002.

Especialização: Cinema (360 h/a) - PUC Minas Belo Horizonte - 2006.

Mestrado em Gestão Pública e Sociedade · Universidade Federal de Alfenas (Unifal). 2017.

Experiência profissional

Jornal Estado de Minas - repórter das editorias Veículos e Gerais (Sucursal Divinópolis). Janeiro de 2003 a agosto de 2006.

Cofundador da Viraminas Associação Cultural - associação de promoção da cultura e da diversidade cultural, com sede em Três Corações (MG), criada em novembro de 2007.

Ponto de Cultura Museu da Oralidade – projeto de registro de história oral aprovado no edital Pontos de Cultura de Minas Gerais 2008. Mantido pela Viraminas Associação Cultural. Cargo: Coordenador de mídia – desde novembro de 2010.

Projetos culturais

Espetáculo Teatral Chico Cica em É Daí pra Pió – aprovado no Prêmio Cena Minas de 2011 Cargo: Produtor – julho de 2011 a dezembro de 2011.

Biblioteca de Todo Mundo - espaço de leitura, com empréstimo de livros à comunidade, cursos, oficinas e saraus. Idealizador e coordenador do projeto, mantido pela Viraminas Associação Cultural e aprovado no Fundo Estadual de Cultura de 2013.

Recriação - Mutirão de Arte e Cultura Popular - formação de jovens para música popular, aprovado no FEC 2012 - Coordenador pedagógico - executado a partir de abril de 2013. Resultou na criação do espetáculo Sabão de Cinza, circulando por oito bairros de Três Corações.

Escola de Gestão Cultural – coordenador do projeto – 2014-2015 – projeto de formação e capacitação de gestores culturais para mapeamento da diversidade cultural do sul de Minas, aprovado do FEC 2014.

Mestres no Estúdio – coordenador do projeto – 2016 – projeto de montagem de home estúdio para gravação de cd e registro de histórias de vida de 5 mestres da cultura popular regional, aprovado no Fundo Estadual de Cultura 2015.

Balaio de Minas - montagem de espetáculo Folia do Boi Mineiro, do Grupo Balaio de Minas, que explora ritmos brasileiros (jongo, maracatu, samba de umbigada, congado) – executado de janeiro a outubro de 2016, projeto aprovado no Prêmio Minas Gerais de Artes Cênicas, categoria dança, edição 2015.

Publicações

Revista Ora! (2011/2016) - Publicação do Ponto de Cultura Museu da Oralidade - nove edições publicadas. Conteúdo de história oral, personagens do cotidiano, memórias e guias de serviços culturais da região. Edição, apuração e redação.

Memórias Iluminadas (2008) - livro - registro da história de vida de moradores idosos de Luminárias (MG), com 27 transcrições de entrevistas. Projeto aprovado pelo Fundo Estadual de Cultura de Minas Gerais.

O Reinado de Bené (2010) - livro - ficção infanto-juvenil baseado na memória oral das irmandades do Reinado de Nossa Senhora do Rosário de Divinópolis (MG).

Documentários

“≠” - o ponto de vista de pessoas que tem alguma diferença em relação a padrões de comportamento. Lançado em maio de 2012. Exibido na Mostra Audiovisual de Cambuquira (MG) em 2013.

Filhos Separados – histórias da segunda geração da hanseníase, filhos de pais hansenianos que foram criados em orfanatos por imposição do estado. Lançado em junho de 2012. Exibido na 7ª Mostra Luta! de direitos humanos, de Campinas (SP) e utilizado como material de apoio na 8ª Olimpíada Nacional de História do Brasil (ONHB) da Unicamp.

Memória.doc – série de vídeos para a internet contendo a história de Divinópolis contada por pessoas comuns – aprovado na Lei Municipal de Incentivo a Cultura de Divinópolis de 2010. Registrados entre julho de 2010 e março de 2011.

Curta Bambu – videodocumentário mostrando artesãos tradicionais e refinados que trabalham com bambu na região Sul de Minas Gerais. Produzido entre abril e julho de 2012 para o projeto LabCulturaViva / ECO UFRJ, exibido na TV Brasil.

Visita Pra Maria - documentário de memória oral da última parteira em atividade da comunidade do Mato Dentro, em Soledade de Minas (MG). Março de 2014.

Maria, Canta Mais Eu - documentário do gênero musical que retrata o movimento na casa de Maria de Jesus, em Carbonita (MG), às vésperas de uma apresentação no teatro da cidade. Gravado em 2017 a convite do projeto Caravana de Artesania, da Associação Pano de Roda.

Sobre o que acontece quando nos encontramos: Memórias da Trupe de Truões - documentário institucional sobre os 15 anos da companhia teatral Trupe de Truões, de Uberlândia (MG). Lançado em 2015.

Cursos e oficinas ministrados

Fotografia básica - oficina de 4 h/a ministrada no 1º Festival de Artes Integradas de Monsenhor Paulo (MG), em 2014.

Cinema Trash - oficina com duração de uma semana sobre linguagem cinematográfica e produção criativa com baixíssimo orçamento. Realizada no Ponto de Cultura Trupe de Truões, de Uberlândia (out. 2012); no Ponto de Cultura Museu da Oralidade (nov. 2012); na Mostra Audiovisual de Cambuquira (jul. 2015); no Festival de Artes Integradas de Monsenhor Paulo (jul. 2016).

Iniciação à Fotografia - curso com duração de quatro meses sobre técnicas básicas de fotografia para iniciantes, ministrado no Galpão de Artes da Viraminas (mar.-jul. 2017).

Exposições

Estação Memória – textos e fotografias contendo a história da rede ferroviária contada pelos ferroviários tricordianos. Cargo: Fotógrafo e arte-finalista – agosto de 2011.

Maria, Maria: pelas mãos dessas mulheres – textos e fotografias contendo registro da história de vida de mulheres representantes de ofícios tradicionais - Cargo: arte-finalista e editor - fevereiro de 2009.

Mutirão de Histórias de Vida – exposição de fotografias e textos com a memória das colônias de hanseníase de Minas Gerais. Cargo: Coordenador e arte-finalista – junho de 2008 a novembro de 2008

Participação social

Membro da Comissão Estadual dos Pontos de Cultura de Minas Gerais entre 2010 e 2015.

Membro do Conselho Estadual de Política Cultural de Minas Gerais. Cadeira de produção cultural. Mandatos: 2013-14; 2015-16; 2017-18.

Membro titular do Conselho Municipal de Política Cultural de Três Corações. Mandato: 2015-16.